Oficinas que faziam roupas da Animale e A.Brand são flagradas por fiscais em condições semelhantes ao trabalho escravo

A fiscalização do Ministério do Trabalho flagrou imigrantes vindos da Bolívia, em condições parecidas com trabalho escravo em oficinas localizadas na cidade de São Paulo. Eles estavam trabalhando mais de 12 horas diárias, fazendo peças de roupas para lojas luxuosas do grupo Soma, que nesse caso foram a Animale e A.Brand. Os imigrantes bolivianos não […]